Livros que quero muito ler! #1

Olá pessoal! Como vocês estão? Eu estou gripada, estou quase morrendo de dor de cabeça. Enfim, espero que isso melhore logo. Faz muito tempo desde o último post, eu sinto muito pela minha ausência no blog, a escola está dificultando muito. Estou cheia de tarefas de casa pra fazer e chego super cansada em casa. Não tem nada de mais acontecendo comigo, terminei de ler Insurgente e estou lendo Convergente. Em breve teremos uma resenha da saga todinha hihi! Fiquei contente com o segundo livro, porém eu adivinhei o final... Só nós leitores sabemos o quanto isso é decepcionante. Eu estou super enjoada deste layout (argh) e tentei fazer dois, mas parece que estou com um bloqueio de criatividade, eles ficaram horríveis. Enfim, vou ter que ficar com este layout por mais algum tempo. No post de hoje eu vou falar dos livros que estou morrendo de vontade de ler, vamos lá.
   
1. Perdão, Leonard Peacock: Eu estou super louca pra ler este livro, eu só vejo opiniões positivas sobre o livro! {♥} Hoje é o aniversário de Leonard Peacock. Também é o dia em que ele saiu de casa com uma arma na mochila. Porque é hoje que ele vai matar o ex-melhor amigo e depois se suicidar com a P-38 que foi do avô, a pistola do Reich. Mas antes ele quer encontrar e se despedir das quatro pessoas mais importantes de sua vida: Walt, o vizinho obcecado por filmes de Humphrey Bogart; Baback, que estuda na mesma escola que ele e é um virtuose do violino; Lauren, a garota cristã de quem ele gosta, e Herr Silverman, o professor que está agora ensinando à turma sobre o Holocausto. Encontro após encontro, conversando com cada uma dessas pessoas, o jovem ao poucos revela seus segredos, mas o relógio não para: até o fim do dia Leonard estará morto.
Effy
2. Os 13 Porquês: Você certamente já ouviu falar deste livro, todo mundo só fala deste livro! Isso só aumenta a minha curiosidade {♥} Ao voltar da escola, Clay Jensen encontra um misterioso pacote com várias fitas cassetes. Ele ouve as gravações e se dá conta de que foram feitas por uma colega de classe que cometeu suicídio duas semanas antes. Nas fitas, ela explica que 13 motivos a levaram à decisão de se matar. Clay é um deles. Agora ele precisa ouvir tudo até o fim para descobrir como contribuiu para esse trágico acontecimento.
3. A Escolha: Ok, este livro também não é nenhuma novidade. Eu já li os anteriores (obvio, né) e estou louca pra terminar a saga. Eu vi opiniões positivas e também negativas do livro. {♥} America era a candidata mais improvável da Seleção: se inscreveu por insistência da mãe e aceitou participar da competição só para se afastar de Aspen, um garoto que partira seu coração. Ao conhecer melhor o príncipe, porém, surgiu uma amizade que logo se transformou em algo mais… No entanto, toda vez que Maxon parecia estar certo de que escolheria America, algum obstáculo fazia os dois se afastarem. Um desses obstáculos era Aspen, que passou a ocupar o posto de guarda no palácio e estava decidido a reconquistar a namorada. Em encontros proibidos, ele a reconfortava em meio àquele mundo de luxos e rivalidades. Com essas idas e vindas, America perdeu um pouco de espaço no coração do príncipe, lugar que foi prontamente ocupado por outra concorrente. Para completar, o rei odiava America e a considerava a pior opção para o filho. Assim, tentava sabotar a relação dos dois, inventando mentiras e colocando a garota em prova a todo instante. Agora, para conseguir o que deseja, America precisa cortar os laços com Aspen, conquistar o povo de Illéa e conseguir novos aliados políticos. Mas tudo pode sair do controle quando ela começa a questionar o sistema de castas e a estratégia usada para lidar com os ataques rebeldes. 
  
4. Marina: A história me cativou por completo, o livro tem um trama de terror! {♥} Na Barcelona dos anos 1980, o menino Óscar Drai, um solitário aluno de internato, conhece Marina, uma jovem misteriosa que vive num casarão com o pai idoso. Em passeios pela cidade, os dois presenciam uma cena estranha num cemitério e se envolvem na resolução de um mistério que remonta aos anos 1940. Numa tentativa inútil de escapar da própria memória, Oscar abandona sua cidade. Acreditava que, colocando-se a uma distância segura, as vozes do passado se calariam. Quinze anos mais tarde, ele regressa à cidade para exorcizar seus fantasmas e enfrentar suas lembranças - a macabra aventura que marcou sua juventude, o terror e a loucura que cercaram a história de amor.
5. Maze Runner: Correr ou Morrer: MEU DEUS! Eu estou louquinha pra ler esta série! Eu conheci a partir do trailer do filme e ela já me chamou atenção só com o trailer, deve ser uma ótima saga. {♥} Ao acordar dentro de um escuro elevador em movimento, a única coisa que Thomas consegue lembrar é de seu nome. Sua memória está completamente apagada. Mas ele não está sozinho. Quando a caixa metálica chega a seu destino e as portas se abrem, Thomas se vê rodeado por garotos que o acolhem e o apresentam "A Clareira", um espaço aberto cercado por muros gigantescos. Assim como Thomas, nenhum deles sabe como foi parar ali, nem por quê. Sabem apenas que todas as manhãs as portas de pedra do Labirinto que os cerca se abrem, e, à noite, se fecham. E que a cada trinta dias um novo garoto é entregue pelo elevador. Porém, um fato altera de forma radical a rotina do lugar - chega uma garota, a primeira enviada à Clareira. E mais surpreendente ainda é a mensagem que ela traz consigo. Thomas será mais importante do que imagina, mas para isso terá de descobrir os sombrios segredos guardados em sua mente e correr... correr muito.
6. Por isso a gente acabou: Este livro parece ser a coisa mais cute-cute. Preciso ler o mais rápido possível. {♥} Por isso a gente acabou trata, com a comicidade típica do autor, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slarteron estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas deste romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou. A artista Maira Kalman, autora de diversas capas da revista The New Yorker, ilustrou cada um dos objetos da narrativa, trazendo cor e descontração a esta história dolorida.

♡ 

Esse post já ficou meio grandinho, não é? Eu quero ler mais um milhões de livros, mas os que listei são uns dos que mais desejo. Perguntinha: Vocês vão pra Bienal do livro em São Paulo? Eu talvez vá no dia 28 com a escola, me digam se você forem em que dia irão. Estou super ansiosa! Beijos e até o próximo post.