Seleção de Curta-Metragens

Olá! Como vocês vão? A blogosfera vem me desanimado um pouco, cadê as postagens novas dos blogs que acompanho? E os meus leitores? Enfim, espero que este feriado faça os blogueiros retornarem com todo vapor. As minhas notas fecharam e eu fui relativamente bem neste bimestre, nenhuma nota vermelha, mas considero os muitos 7 no meu boletim algo que não dê muito orgulho. Estou voltando a acompanhar séries! Duas ao mesmo tempo, yaaay! Para mim acompanhar duas ao mesmo tempo já é ótimo. Sou muito atrapalhada para conseguir assistir 12 de uma só vez como alguns de vocês fazem. Voltando ao assunto blogosfera, fiquei bem triste nestes últimos dias por conta da desativação de um dos meus blogs favortitos, o RaW... Tenho certeza que muitos ficaram desapontados por conta disso, mas é vida que segue e bola pra frente! Eu tenho fé que algum dia ela volte para cá. 

Ultimamente tenho assistido muitos curta metragens e é isso que vou trazer para vocês na postagem de hoje: Meus curtas favoritos de todos os tempos! Vamos á postagem então! 

PAPERMAN (2012) 


Este curta foi produzido pela Disney e venceu a 85ª edição dos Academy Awards na categoria de Oscar de melhor curta-metragem de animação. Este curta é só amor! Conta a história de um homem que possui aquela vida sem graça de trabalhar em escritórios e não gostar disso. Um dia ele encontra uma moça na estação do metro que deixa seu batom gravado em uma das suas folhas de papel que leva para seu escritório. 

EU NÃO QUERO VOLTAR SOZINHO (2010) 


O curta foi produzido por Daniel Ribeiro e ganhou diversos prêmios nacionais. De todos este é o mais comprido da lista e o meu favorito. O curta fez tanto sucesso que depois foi feito um filme, que também é muito bom. Conta a história de Leonardo, um menino deficiente visual que conhece um garoto novo em sua escola chamado Gabriel, depois de começarem uma amizade acabam descobrindo novos sentimentos. 

FEARS (2015)



Curta produzido por Nata Metlukh mostra que nem sempre vale a pena se desfazer assim dos seus medos, mas que talvez seja uma boa aprender a controlá-los e conviver com eles. Que curta mais incrível!!! Assistam, assistam, assistam, assistam. Ele é bem curtinho, não precisa ter preguiça.

VICENT (1982) 


Um dos primeiros trabalhos de Tim Burton, o curta metragem é simplesmente incrível! A história é toda rimada e tem aquele tipico tema macabro do Tim... Tem citações de Edgar Allan Poe! Não tem como explicar a história, haha! Assistam que você entenderam o porque do meu amor. 

A postagem chegou ao fim (ahhhhh!), espero de coração que vocês tenham curtido os curtas (eu sou muito engraçada) e é isso! Até o próximo post.